Atualizado 27/02/2018 - 21:00

Escolas Municipais recebem ônibus de educação ambiental da sanepar

Compratilhe

Alunos da Escola Adele Zanotto, no Porto Meira, foram os primeiros a aprender sobre serviços de saneamento e sustentabilidade

 

Uma maquete que percorre todo o espaço interno de um ônibus e exibe o ciclo da água desde a sua captação, até o tratamento e a destinação final as casas. Este equipamento é a base do projeto EcoExpresso, um ônibus da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), que percorre escolas levando educação ambiental a centenas de crianças.

 

Nesta segunda-feira (26), o ônibus estacionou na Escola Municipal Adele Zanotto, no Porto Meira, e até o dia 16 de março outras 13 escolas receberão o projeto.

 

Durante as visitas, técnicos levam informações aos estudantes sobre os serviços de saneamento (água, esgoto e resíduos sólidos), além de frisar a importância da sustentabilidade. Além dos estudantes, os moradores dos bairros onde as escolas estão localizadas também podem conhecer e aprender mais sobre os serviços da Sanepar.

 

De acordo com a técnica ambiental Jedieli Althaus, o projeto já existe há cerca de 5 anos no Paraná, mas na região Oeste, está há pouco mais de 7 meses. “O primeiro atendimento é feito em uma sala de vídeo, onde apresentamos o trabalho da Sanepar, e como são as estações de tratamento. Através da maquete, elas entendem o que é a mata ciliar, a urbanização, a evaporação da água, o lixo, a poluição. Também mostramos como as nascentes se encontram e formam os rios, o bombeamento até chegar à estação, o tratamento e a destinação final”, explicou.

 

Aluno do 4º ano, João Guilherme, de 9 anos, disse que aprendeu ainda sobre a separação e a destinação correta do lixo. “Aprendi sobre não poluir a água jogando óleo ou restos de alimento na pia, sobre não jogar lixo no chão e como preservar os rios”, contou. A colega Eloá Rodrigues (9) levará os ensinamentos para a toda família. “Muitas coisas eu não sabia e agora vou ensinar pra minha mãe e meus amigos”, disse.

 

Amanhã (27) quem recebe o projeto é a Escola Vinicius de Morais. Na sequência, a Acácio Pedroso, Lúcia Marlene Nieradka e Jardim Naipi. A partir do dia 5 de março, será a vez das escolas Érico Veríssimo, Frederico Engel, Irio Manganelli e Cora Coralina. Nos dias 12 e 13 de março, serão atendidas as escolas João da Costa Viana e João Adão da Silva. Na Vila A, a escola visitada será a Josinete Holler. As escolas Jorge Amado e Arnaldo Isidore de Lima, fecham a programação do Ecoexpresso na cidade.

 

Além da parada nas escolas, aos domingos, o Ecoexpresso estará estacionado na terceira pista da Avenida JK, no centro da cidade, e vai integrar as atrações da Feirinha das 8h às 12 horas.

 

Fonte: pmfi.pr.gov.br


Fale conosco

contato@diariodascataratas.com.br

Telefone:(45) 99959-5971

Anuncie Já

Confira as opções de anuncios que o Diário das Cataratas tem para você !

Copy Right 2017 - Todos direitos reservados a Diario das Cataratas