Atualizado 27/02/2018 - 21:00

Governo do Estado inicia obras de três contornos rodoviários em março

Compratilhe

 

Ordens de serviços serão assinadas pelo governador Beto Richa nas próximas semanas. Obras serão em Palotina, Marechal Cândido Rondon e Pato Branco. Estado vai investir quase R$ 100 milhões para desviar tráfego pesado da área urbana dos três municípios.

 

Três cidades do Oeste e Sudoeste do Paraná vão ganhar contornos rodoviários para retirar da área urbana o tráfego de veículos pesados. As ordens de serviço serão assinadas pelo governador Beto Richa nas próximas semanas e as obras devem começar ainda no mês de março em Palotina, Marechal Cândido Rondon e Pato Branco.

 

Segundo o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR), o planejamento era liberar as três obras já na próxima sexta-feira (2/3), mas por conta de algumas questões técnicas e legais, os documentos serão assinados até o próximo dia 16 de março.

 

O investimento previsto pelo Governo do Estado para a realização dos três projetos é de aproximadamente R$ 100 milhões. As obras fazem parte de um conjunto de ações para melhoria da trafegabilidade em rodovias estaduais. No início de fevereiro, Richa liberou a construção do contorno de Francisco Beltrão, no valor de R$ 30 milhões

 

PALOTINA - Com extensão de 15,6 quilômetros, o Contorno Leste de Palotina será construído na PR-182, que dá acesso ao município, e vai cruzar a PR-364. Serão investidos R$ 41,8 milhões, com recursos próprios do Estado.

 

A empresa que realizará os serviços já entregou a documentação ao DER-PR e todas as licenças necessárias para a obra foram obtidas. Falta apenas a assinatura do contrato. No trecho também estão previstas duas pontes - sobre os rios Pioneiro e Santa Fé - com investimento de R$ 5,4 milhões.

 

MARECHAL CÂNDIDO RONDON – São 6 quilômetros de extensão, que receberão investimento de R$ 19,9 milhões. A obra começa no quilômetro 27 da PR-467, entre Marechal Cândido Rondon e Vila Curvado, a aproximadamente 500 metros da entrada da Coopagril e 550 metros da “Estrada do Lira”, até a BR-163, próximo às futuras instalações do frigorífico Fribrasil.

 

O principal tráfego é o proveniente da BR-163, com destino à PR-467, sentido Sudoeste do Paraná. Uma das principais reclamações da população é de que o barulho e o mau cheiro das cargas vivas de aves e suínos atrapalham o andamento das aulas nas escolas localizadas próximo à rota dos veículos.

 

No final de 2017 a obra entrou como contrapartida no Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transportes do Paraná, desenvolvido pelo Governo do Estado com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

 

Já está definida a vencedora da licitação. Para a emissão da ordem de serviço, ainda falta a contratação da empresa, cujos procedimentos já foram iniciados pelo DER-PR.

 

PATO BRANCO - Denominado PR-916, o contorno de Pato Branco vai ligar o entroncamento da BR-158 ao entroncamento da PRC-158. O teto da licitação realizada pelo DER-PR era de R$ 34,3 milhões e a melhor proposta foi de R$ 24,6 milhões. A comissão de licitação analisa a documentação de habilitação da empresa vencedora para homologar o resultado e dar a ordem de serviço.

 

Ainda fazem parte do projeto do contorno uma ponte sobre o Rio Ligeiro e um viaduto na estaca 32, que estão sendo licitadas separadamente. As propostas de preços foram abertas, com as melhores ofertas, respectivamente, de R$ 1,9 milhão e R$ 1,8 milhão. Ainda será marcada a data de abertura de habilitação da documentação das empresas. (AEN)

 

Obras gigantescas visam tirar o tráfego pesado da área central

 

 


Fale conosco

contato@diariodascataratas.com.br

Telefone:(45) 99959-5971

Anuncie Já

Confira as opções de anuncios que o Diário das Cataratas tem para você !

Copy Right 2017 - Todos direitos reservados a Diario das Cataratas